Um ambiente favorável


"Tem gente na vida que só vê problema. Olha para o negócio e torce para não dar certo.

Eu não falo mal das coisas. Eu não falo mal do Brasil. Eu me sinto responsável em ajudar o meu país.

Pare de ver problema e tente arrumar uma solução.”

(Luiza Helena Trajano)

Neste ano de vestibular, quanto mais fatores positivos estiverem jogando a seu favor, obviamente, melhor! Essas circunstâncias favoráveis são ações que podem fazer toda a diferença na hora da prova, pois são atitudes que você deve tomar para impor uma rotina de estudos e melhorar o seu rendimento. As ações construídas durante o ano todo serão decisivas para o sucesso no futuro.

Agora, vamos falar do universo físico, dos lugares que você vai utilizar para seu o “lar dos seus estudos”, durante esse ano. Estamos falando do ambiente que você irá habitar para desenvolver os seus conhecimentos. Primeiro, se você vai estudar em uma cidade que não seja a sua cidade – que vamos chamar de “base” – onde moram seus pais, seus amigos e na qual você encontra toda a infraestrutura, encontre um lugar agradável para passar os seus próximos dias de estudos. Em muitas cidades do interior, essa prática acontece e o vestibulando não pode se contentar em morar em qualquer, com perdão da palavra, “muquifo”. Morar bem, em um lugar com acesso fácil à internet, transporte satisfatório, alimentação adequada é um passo importante para quem vai estudar em outra cidade.

Nem sempre o possível é o ideal, mas é sempre bom podermos ter um ambiente de estudos agradável, seja na sala de estudos do seu cursinho, seja no seu alojamento, seja na biblioteca da sua escola, seja em sua casa, local onde talvez você consiga organizar melhor o ambiente. Também é interessante fazer um rodízio de locais para poder diversificar e deixar os estudos um pouco mais leves. Você pode variar o local de acordo com a matéria que irá estudar, por exemplo, escrever uma Redação em um local e fazer exercícios de Biologia em outro.

De qualquer forma, recomendo observar as seguintes práticas:

  • Iluminação do local – se possível, procure um posicionamento no qual a sua própria sombra não fique refletida no material de estudo, para melhorar a luminosidade.

  • Modo de sentar e permanecer – sente-se voltado para a parede. Assim, a quantidade de distração que você terá será menor.

  • Circulação de ar no local - Quanto você acha que o oxigênio faz de diferença em um período de estudos? Quer estudar perto de uma fonte emissora de monóxido de carbono?

  • Organização das tarefas em um quadro de cortiça – ou até mesmo em uma cartolina. O importante é marcar as aulas, os compromissos, as fórmulas, as frases mais significativas.

É de fundamental importância manter a concentração, porque você faz parte de uma geração que quer fazer duas, três, quatro coisas ao mesmo tempo e nem sempre dá certo. Assim, procure um lugar com poucos elementos que possam fazê-lo perder o foco nos estudos. Por exemplo, local com gente passando todo o tempo atrapalha muito.

É claro que, na criação das circunstâncias favoráveis, você ainda terá que analisar várias situações já citadas, como alimentação, transporte e, em alguns casos, moradia. Além disso, se você trabalha o dia inteiro, tem que organizar sua agenda e aproveitar os momentos livres para estudar – ler as apostilas, as obras obrigatórias, os jornais para se atualizar, resolver os exercícios, os simulados, elaborar as Redações – e descansar.

Ninguém disse que seria fácil...

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square